VAMOS COMEMORAR O VERÃO ?? APROVEITE O CUPÃO DE DESCONTO "VERAO" E USUFRUA DE 20% DE DESCONTO EXTRA A ACUMULAR COM OUTRAS PROMOÇÕES 16/06/2022 ATÉ AO DIA 30/09/2022
-20%
Vidas Seguintes
Vidas Seguintes

Vidas Seguintes

SKU: 9789895649662

16,79 €   20,99 €
Desconto de 20%.
IVA incluído.

Adicionar à wishlist

LIVRARIA. Válido de 24 de mar. 2022 às 0:00 até 1 de jul. 2022 às 0:00


Edição/Reimpressão 02-2022

Editor: Cavalo de Ferro

Idioma: Português

Dimensões: 153 x 224 x 21 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 304

Tipo de Produto: Livro

Classificação Temática: Romance

Abdulrazak Gurnah foi agraciado com o Prémio Nobel de Literatura 2021 «pela forma determinada e humana com que aborda e aprofunda as consequências do colonialismo e o destino do refugiado no fosso entre culturas e continentes».

Após fugir da aldeia onde nasceu, numa região fustigada pela pobreza, pela fome e pela doença, o jovem Ilyas chega a uma pequena cidade costeira onde assiste a um desfile da Schutztruppe, a feroz tropa de protecção da África Oriental Alemã. Anos mais tarde, perante a iminência de uma grande guerra entre Britânicos e Alemães, que estalaria em Tanga, em 1914, Ilyas decide juntar-se a esse mesmo exército de mercenários africanos, prometendo à sua irmã mais nova voltar muito em breve. A promessa fica por cumprir, e o paradeiro desconhecido do irmão ensombra a vida de Afiya até que ela conhece Hamza, um desertor generoso e sonhador que conseguiu escapar aos horrores da guerra. Entre ambos nascerá uma história de amor improvável que ligará as duas famílias, e os continentes africano e europeu.

Entrelaçando história e ficção, Vidas Seguintes é um romance lúcido e trágico sobre África, o legado colonial e as atrocidades da guerra, bem como as infinitas contradições da natureza humana.

 Abdulrazak Gurnah
PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA 2021

Abdulrazak Gurnah nasceu em 1948 em Zanzibar. Na década de 1960, foi forçado a sair do seu país, então a braços com uma revolução, e chegou como refugiado ao Reino Unido. Foi professor de Inglês e Literaturas Pós-coloniais na Universidade de Kent. A sua obra versa sobre a experiência africana, o colonialismo e o refugiado, e nela se destacam os romances Paradise (1994), finalista do Booker Prize e do Whitbread Award, By the Sea (2001), nomeado para o Booker Prize e finalista do Los Angeles Times Book Award, e Desertion (2005), finalista do Commonwealth Writers. Vidas Seguintes (2020) foi finalista do Orwell Prize for Political Writing 2021 e nomeado para o Walter Scott Prize for Historical Fiction 2021.

×